Sons que enganam

0
115

Lançado pela Universal Pictures no último dia 14 de maio, o CD de trilha sonora do compositor alemão Marc Streitenfeld com 22 trilhas musicais compostas exclusivamente para o filme Robin Hood, uma história de Brian Helgeland, Ethan Reiff e Cyrus Voris, direção de Ridley Scott. A trilha sonora compartilha com as cenas que ilustram a história de Robin Hood, arqueiro e ex-integrante do exército da Coroa em Nottingham, Inglaterra, no século 12.
Marc Streitenfeld compôs peças de repercussão como “Matchstick Men,” “Black Hawk Down,” “Gladiator” entre inúmeras de menor expressão. Neste soundtrack procurou transmitir a sensação das imagens pela sonorização marcante, o compositor explorou a instrumentação criando timbres diferentes ao costumeiro de uma orquestra clássica, forçando uma diferença peculiar para ilustrar uma volta ao tempo, no período medieval. As melodias prevalecem em sua maioria nas cordas, os metais sobressaem em frases de pouca expressão e quanto a percussão somente marcação. Entre as melodias de vários trechos são utilizadas frases repetidas ou semelhantes. Ao serem inceridas com freqüência dão a impressão de loops (repetições do mesmo trecho).
Para a infelicidade de Marc Streitenfeld se compararmos seu soundtrack com a trilha do filme Robin Hood, Prince of thievas de 1991 composto por Michael Kamen, veremos que o soundtrack anterior foi gravada com pouca tecnologia digital e samplers, uma vez que no final da década de 80 foi o início da revolução em tecnologia digital porém, foi composto com melodias ricas e pouquíssimas repetições. Outra característica foi a maior distribuição de instrumentação com mais sonoridade em conjunto, soando de forma clara e sem os graves estrondosos utilizados por Streitenfeld que explorou ao máximo em tecnologia digital e mixagem
sound round forçando graves em excesso com uma marcação marcial e uma cadencia similar pela maioria dos tracks. Nas composições de Marc Streitenfeld o grave utilizado causa excitação no ouvinte, porém confunde nos momentos de ação. Isto não quer dizer que a música é excitante. É apenas forte e marcante, mas não tem melodia, apenas induz a uma falsa sensação de movimento.

As retomadas da melodia é uma situação comprometedora de falta de criatividade, diferente ao que ocorre com o conhecidíssimo Bolero de Ravel que tem a mesma melodia durante toda a peça, porém, em cada repetição a melodia é executada por outro instrumento e é acrescido de novas formas no contraponto e harmonização.

As semelhanças entre as frases dos tracks causam uma monotonia constante, não dá a impressão de movimento. Essa repetição não deixa boa impressão sem as imagens. Ao escutar a trilha sem as imagens podemos imaginar cenas tristes, o vago, o morto.

A similaridade entre os tracks a dinâmica constante mezzo piano a forte com crescendo lentamente ficou muito repetitivo. Faltou mais staccato nos tutti fortíssimos, faltou a inclusão maciça de grande orquestra com metais e percussão, e contraste entre as articulações de cordas em pizzicato e legato. Pela sonoridade dá a impressão que não só houve entradas de samplers nos tracks, mas sim que todos foram feitos sampleados.
O compositor conseguiu uma bela obra, embora poderia ter elaborado mais as melodias. No track 10, principalmente, a inserção de violoncelo, com vocais masculinos e femininos dão a impressão clara de serem gravadas por samplers.

Sinceramente não consegui a ficha técnica completa da produção musical e maiores informações com riqueza de detalhes dos bastidores da gravação. Dá a impressão que este CD não foi produzido para venda. No site oficial, que é de péssimo acesso, as informações são reduzidas. A trilha não é um item justificável em uma produção geral do filme orçada em 50 milhões de dólares e uma arrecadação inicial em mais de 350 milhões de dólares. Até o momento a trilha sonora não teve nenhuma repercussão e não existe expectativa de destaque perante a crítica especializada.

  

Faixas:

  1. Destiny (03:35)
    02. Creatures (02:09)
    03. Fate Has Smiled Upon Us (02:01)
    04. Godfrey (03:32)
    05. Ambush (01:14)
    06. Pact Sworn In Blood (02:52)
    07. Returning The Crown (01:13)
    08. Planting The Fields (01:17)
    09. Sherwood Forest (02:19)
    10. John Is King (04:01)
    11. Robin Speaks (02:31)
    12. Killing Walter (01:58)
    13. Nottingham Burns (02:11)
    14. Siege (02:09)
    15. Landing Of The French (02:46)
    16. Walter’s Burial (03:04)
    17. Preparing For Battle (02:38)
    18. Charge (01:18)
    19. Clash (02:41)
    20. The Final Arrow (02:29)
    21. The Legend Begins (01:27)
    22. Merry Men (01:48)