Governo decide manter horário de verão

Discussões internas previam possibilidade de extinguir alteração nos relógios

Horário de verão começa no dia 15 de outubro
J.Duran Machfee/Folhapress – 14.10.2014

O governo federal decidiu manter o horário de verão 2017/2018, informou nesta segunda-feira (25) o Ministério de Minas e Energia.

Na semana passada, a informação de que o governo estudava acabar com o horário de verão já neste ano causou polêmica.

A possibilidade foi levantada após um grupo de trabalho do setor elétrico identificar que o adiantamento dos relógios para aproveitar mais a luz do dia não garante economia de energia significativa nos horários de pico.

Segundo o Conselho de Monitoramento do Setor Elétrico, vinculado ao MME, que reúne membros do ministério e de agências como o ONS, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e a CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), a economia de energia estaria próxima do zero.

Para o grupo, “a adoção desta política pública atualmente traz resultados próximos à neutralidade para o consumidor brasileiro de energia elétrica, tanto em relação à economia de energia, quanto para a redução da demanda máxima do sistema”.

O último período do horário de verão durou 126 dias, entre 15 de outubro e 18 de fevereiro, proporcionando economia de R$ 159,5 milhões, segundo o MME, com o não acionamento de usinas termelétricas.

O próximo horário de verão começa no dia 15 de outubro no Distrito Federal e nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Nessas localidades, os relógios serão adiantados em uma hora até o dia 18 de fevereiro.

fonte: R7

Comentários

Comentários