Carro com Paul Walker estaria a 160km/h, diz site

0
319

Paul Walker antes de entrar no carro em que sofreu acidente (Foto: AKM-GSI BRASil)O carro em que Paul Walker estava neste sábado, 30, quando morreu após uma batida, estaria a 160km/h. A informação é do site “Radar Online”, que também informa que a velocidade máxima permitida na via em que Paul e seu amigo Roger Rodas, morto no acidente também,andavam era de 72km/h.
“Apesar da investigação ainda estar em andamento, os investigadores do departamento de polícia de Los Angeles acreditam que o Porsche estava acima de 160 km/h”, disse uma fonte do site. Ainda segundo a fonte, ambos usavam cinto de segurança no momento da batida: “Os dois estavam com cinto, mas se o Porsche não tivesse batido no poste talvez Paul e Roger ainda estivessem vivos”.
O “Radar Online” informa também que os policias acreditam que a velocidade era mesmo alta porque o carro quase se partiu em dois ao bater em um poste. A polícia também trabalha com a possibilidade do ator e Roger estarem fazendo um “racha”: “Naturalmente, do ponto de vista da investigação, temos que descobrir se esse era um dos fatores”, disse o sargento Richard Cohen ao canal “CNN”.

O acidente
Paul Walker estava em um Porsche quando o motorista, seu amigo Roger Rodas, perdeu o controle, bateu em um poste de luz e o veículo pegou fogo.

A polícia divulgou um comunicado sobre o acidente, informando que, quando chegou, encontrou o veículo pegando fogo. Os bombeiros apagaram as chamas. O comunicado declara também que os dois ocupantes do carro morreram no local.
Uma testemunha do acidente contou ao jornal “The Santa Clarita Signal”, que tentou apagar as chamas do Porsche e reconheceu Walker dentro do carro. Antonio Holmes, amigo do ator, declarou ao jornal que usou um extintor para diminuir o fogo. “Nós tentamos, nós tentamos”, disse emocionado para a publicação local.
O ator participava de um evento para a organização “Reach Out Worldwide” que visava arrecadar fundos para as vítimas do tufão que atingiu as Filipinas recentemente.

 

Carro em que ator Paul Walker estava (Foto: AKM-GSI BRASil)Cena caótica
Segundo relatos de testemunhas, o acidente ocorreu perto de onde acontecia o evento e assim que os presentes ouviram o barulho correram até o local onde o carro estava em chamas. Ainda segundo Jim Torp, que era amigo de Roger, a cena do acidente era caótica: “Tinha provavelmente uns 20 funcionários e amigos gritando e chorando, que tinham pego extintores e tentavam fazer o que podiam para salvar os dois. O carro foi engolido pelas chamas.”

Autópsia adiada
A autópsia do ator e de Rodas foi adiada porque seus corpos não podem ser identificados. Segundo o “TMZ”, o legista pediu os registros dentários do ator e do amigo, que dirigia o veículo, porque o corpo de ambos estava carbonizado e assim impossíveis de serem identificados. Ainda segundo o site, o exame deverá ser feito ainda durante a semana.

 

Defeito mecânico
O veículo estaria com um defeito mecânico, que de acordo com informações do “TMZ”, seria um vazamento de fluido de direção. Segundo fontes do site, foram vistas evidências de um fluido queimado e um rastro de óleo pouco antes do acidente acontecer.

 

Fonte: EGO